A bruxa má e feia

Era uma vez uma bruxa má e feia.

Um dia foi ter com os habitantes de uma cidade para se divertir e arreliá-los. Como não tinha casa, foi morar para a floresta e para fazer a sua casa cortou árvores e arrancou plantas.

Quando os habitantes foram à floresta ficaram tristes ao ver que não tinha árvores. A bruxa explicou que as tinha cortado para conseguir viver. As pessoas disseram: “Está bem, não estragues mais a floresta!!!”

E a partir daí viveram todos felizes.

André, 7 anos (Centro Escolar da Lixa)

 

Nota do editor Pois…, este é um pequeno exemplo do que se pode considerar consciência de escrita, cumprindo princípios de narração com personagens, enredo e desfecho. As nossas crianças têm potencialidades que precisam de atenção, competências que cabe à escola desenvolver. Deixo este texto como desafio a outros Escritores potenciais!

Luís Valente, professor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: